Que adoçantes sem ou de baixas calorias são autorizados em Portugal e na Europa?

Joao
Lisboa

Existem 19 adoçantes sem ou de baixas calorias autorizados para utilização em alimentos e bebidas na União Europeia

 

Os adoçantes sem ou de baixas calorias são utilizados em vez do açúcar em muitos produtos alimentares e bebidas para oferecer às pessoas uma alternativa sem ou baixa em calorias. Utilizamos os adoçantes sem ou de baixas calorias em alguns dos nossos produtos, porque sabemos que muitas pessoas querem escolher bebidas saborosas, mas com menos calorias.

Utilizamos apenas adoçantes sem ou de baixas calorias que foram cuidadosamente avaliados em estudos científicos e foram confirmados como sendo seguros pelas autoridades mundiais, incluindo o Comité Misto FAO-OMS de Peritos em Aditivos Alimentares (JECFA) e a Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos (EFSA).

A EFSA é um organismo científico independente que recolhe e avalia todos os estudos científicos disponíveis relacionados com os aditivos (dados de toxicidade, estudos de exposição humana, etc.). Uma vez que esse processo é concluído, e apenas se o considerar apropriado, esta entidade emitirá uma opinião sobre a segurança do aditivo. Assim que o parecer é publicado, este será examinado pela Comissão Europeia. Se a decisão for favorável, deve ser submetida ao estudo do Conselho Europeu e do Parlamento Europeu antes de autorizar definitivamente o aditivo e adicioná-lo à lista do Regulamento 1333/2008 e subsequentes alterações em que os aditivos são aceites e classificados de acordo com a função que desempenham nos alimentos e bebidas.

A imagem seguinte mostra os adoçantes sem ou de baixas calorias aprovados para utilização em alimentos e bebidas, de acordo com o Regulamento 1333/2008 e subsequentes alterações.

Todas as bebidas podem ser desfrutadas com moderação como parte de uma dieta variada, moderada e equilibrada, bem como de um estilo de vida ativo e saudável.

    Scroll To Top